Artigos


Transtorno de Deficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH): o que é?

Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH): o que é?

O TDAH, segundo Barbosa, Barbosa e Amorim (2005) em "Hiperatividade: conhecendo sua realidade", é um dos transtornos mentais mais estudados dentre aqueles que surgem na infância e também o mais controverso. Está caracterizado por desatenção aguda, hiperatividade e impulsividade e afeta tanto a conduta emocional, quanto a adaptação social da criança e o seu rendimento escolar, mesmo que esta apresente um nível de inteligência satisfatório.

Clínica de Psicologia ML

De acordo com estes mesmos autores, existe um grupo de pessoas que apresenta dificuldade em manter o foco de seu interesse em uma determinada atividade, mesmo que esta seja lúdica, desde os primeiros anos de vida. Não por acaso estudar este transtorno vem se mostrando fundamental para auxiliar estas pessoas a conviverem melhor e mais sociavelmente com outras pessoas.

Pesquisas comprovam que crianças com hiperatividade apresentam dificuldades que seriam normais para sua idade, porém é a intensidade da agitação, a desatenção e impulsividade que determinam o diagnóstico e as diferencia das tão conhecidas “crianças mal educadas”.

Clínica de Psicologia ML

Infelizmente, muitos obstáculos ainda são enfrentados na busca pelo diagnóstico preciso de tais crianças. Os pais, muitas vezes tendem a acreditar que é apenas uma fase crítica do desenvolvimento da criança e que algum estresse vivido em casa ou na escola pode estar disparando tal agitação; por outro lado educadores podem responsabilizar a falha na criação da criança em casa, rotulando-a como mal educada e problemática. Encontra-se ainda barreiras diante de profissionais da saúde que se recusam a aceitar tratar como um problema médico, aquilo que parece ser de ordem escolare/ou social. Muitos médicos acreditam que o diagnóstico do TDAH é baseado em avaliações subjetivas de pais e professores, que muitas vezes desejam apenas que seus filhos e alunos sejam mais dóceis. Nesse caso, crianças saudáveis estariam sendo patologizadas pela sociedade.

Clínica de Psicologia ML

Por fim, o inverso também é verdadeiro e atualmente já é possível encontrar um número significativo de crianças super medicadas, que precipitadamente são diagnosticadas e sofrem as consequências de uma piora no rendimento escolar, tornam-se apáticas e desinteressadas, além de serem inutilmente expostas a sérios riscos tais como a drogadição e depressão, entre outros causados pelo uso indevido de medicamentos controlados.

Desta forma, constatando a complexidade do diagnóstico do transtorno de déficit de atenção, é imprescindível uma avaliação criteriosa a respeito do funcionamento da funções cognitivas da criança que somente acontecerá a contento se for participada toda uma equipe multiprofissional envolvida em cada caso. Médicos, neuropsicólogos, psicólogos, fonoaudiólogos, psicomotricistas, psicopedagogos e pedagogos estão entre eles.

Clínica de Psicologia ML

A Avaliação Neuropsicológica é um dos caminhos mais diretos e assertivos na busca por uma resposta mais fidedigna ao problema enfrentado por crianças e pais aflitos com as dificuldades de seu filho.Sendo assim, diante de questões tão sérias como a saúde psíquica de uma criança, é imprescindível que se procure um neuropsicólogo, já que os mesmos são capacitados e treinados para exames mais aguçados que direcionarão o diagnóstico da criança, e mais tarde fará os encaminhamentos necessários para outros profissionais que participarão de forma mais efetiva no tratamento.